Tuesday, February 28, 2006

O carnaval e os bastidores

Nesse período de carnaval a gente sente que o país tenta andar, ou que pelo menos alguns tentam trabalhar, mas só o que evoluí são as escolas de samba nas avenidas, o resto fica em ritmo de samba e de espera para quando março chegar. Essa, aliás, sempre foi a nossa característica, o ano nessas terras d'alem mar só começa depois do carnaval, esse período que precede os festejos é de férias e veraneio. Mais um motivo porque fracassou aquela desatrosa convocação extraordinária do Congresso Nacional, brasileiro não gosta de trabalhar nessa época.

Diga-se, a bem da verdade, que esse "brasileiro que não gosta de trabalhar" é o das classes que podem se dar ao luxo de não trabalhar, caso de políticos - que esses sempre trabalham muito pouco - e de algumas outras categorias. Para o povão, aqueles que trabalham de manhã para garantir o pão da tarde, a história é outra, a escolha não é muito fácil, fica entre trabalhar ou não comer.

No meio desses festejos, como planejado pelo nosso "querido e sempre amado presidente", vão passando os números do desempenho pífio da economia brasileira em 2005. Números que a turma de ufanistas do governo não teve topete suficiente para divulgar de peito aberto e cara limpa. Usaram o subterfúgio de divulgar o resultado na sexta-feira, véspera de carnaval, tentando fugir do mico de explicar como, alguém que vive se ufanando de grandes feitos economicos, que dizem só eles sabem governar, que fizeram mais que todos os outros, que ousam se comparar a um grande Juscelino - com o qual o Brasil cresceu 11,0%! - obtém um desempenho titica de 2,3% desses. Como se vê, eles só têm topete para a basófia e as bravatas.

Bem, o jeito é esperar até a quinta-feira, não!, é melhor esperar pelo dia 6, quinta-feira é quase fim de semana, sabe como é, trabalhar em fim de semana dá azar, no dia 6 começamos o ano. Até lá e feliz ano novo!

No comments: