Sunday, January 15, 2006

Manda quem pode, obedece quem tem juízo

Pois o pessoal da Embraer esqueceu que para vender os aviões que fabrica é preciso do amém dos Estados Unidos. Isso mesmo! Não basta só importar e pagar os royalties devidos direitinho. Não basta pagar o preço do equipamento, tem que pagar pela dependência, pagar por ser pequeno também. Está lá no contrato, em letras garrafais? Isso eu não sei, porque eu não li, mas está lá no contrato, para vender precisa do amém dos senhores feudais.

Manda quem pode e obedece quem tem juízo. Aqui se faz o componente grosseiro, mas não há tecnologia para os "avionics", aquilo que faz com que um monte de metal se transforme num avião, computadores de bordo, radar, piloto automático, radio-comunicação, etc. Poderíamos romper esse contrato com os americanos e passar a fábricar, digamos, carroças? Fundaríamos a Embracar - Empresa Brasileira de Carroças. Para isso nós temos tecnologia suficiente - com a vantagem de sermos independentes. Venderíamos carroças made in Embracar para o Chavez.

Fora a brincadeira, o assunto é sério, mas, infelizmente, não há saída. São coisas de um país ainda totalmente dependente da tecnologia importada. Um dia, quem sabe?

No comments: