Wednesday, December 14, 2005

Rabiscar na Solidão

Escrever blog com esses temas que eu normalmente escrevo por aqui, sobre o quê mesmo?, sobre a vida, o dia-a-dia, política, livros, cinema, economia, relacionamentos, conflitos existenciais, ufa! porra! e bah!, meu, isso não tá com nada! Blog com este tipo de assunto nunca vai ter audiência; mas o que é mesmo que interessa a esse pessoal da blogosfera?

Pois bem, o assunto número 1, sempre o assunto número um em tudo, sacanagem, isso da grossa, da fina, sacanagem de qualquer espessura, de qualquer naipe, de qualquer tipo, mas, como estamos falando de blogs, aqui pega melhor a sacanagem confessional, aquela do tipo, "sabe ontem eu... e aí eu... depois eu... nem te conto...", porque esse é o formato preferencial dos blogs.

Depois vem um leque de assuntos que quanto mais leves forem, melhor serão consumidos e absorvidos. Primeiro e antes de tudo o nada, nada melhor do que falar sobre o nada, o nada existencial, o nada místico, o nada estrutural, o nada concreto, o nada, nada. Depois do nada vocã pode falar sobre outros assuntos que são quase nada, pode falar sobre fofocas que cercam o meio artístico, sobre cantores, atores, fofocas, etc.

Mas para escrever sobre um desses assuntos é preciso gostar muito da multidão, e gostar mais ainda da audiência, dos aplausos, e principalmente desgostar de escrever e de pensar e, por falar em pensar, pensando assim, nos prós e nos contra, ainda é melhor continuar a rabiscar na solidão.

No comments: