Monday, January 22, 2007

Mudanças

"Assim, limpas as suas armas, ... , julgou-se inteirado de que nada mais lhe faltava, senão buscar uma dama de quem se enamorar; que andante cavaleiro sem amores era árvore sem folhas, nem frutos, e corpo sem alma". Dom Quixote de La Mancha - Miguel de Cervantes.

Preocupava-se nosse nobre aventureiro de La Mancha, ante a possibilidade de vir a derrotar em batalha a um ocasional gigante, que não teria a quem prestar homenagem dizendo: "Eu, senhora, sou o gigante Caraculiambro, senhor da ilha Malindrânia, a quem venceu em singular batalha o jamais dignamente louvado cavalheiro Dom Quixote de la Mancha, o qual me ordenou me apresentasse perante Vossa Mercê, para que vossa grandeza disponha de mim como for servida?" - Idem, obra citada.

Assim resolvia o nobre cavaleiro deixar uma amada a sua espera, com a finalidade de receber em audiência os eventuais gigantes que viessem a ser derrotados e conquistados em batalha, para que pudessem prestar testemunho de seus gloriosos feitos.

Hoje não existem mais cavaleiros de gloriosos feitos; não existem mais damas que esperem eventuais gigantes derrotados em duras batalhas. Será que ainda existem eventuais gigantes?

2 comments:

Drica said...

Não existe mais nada disso faz teeeeeeeempo!!
Damas agora são cachorras,preparadas e afins.
Cavalheiros agora são Dons Juans, pegadores, ficantes e afins.
Gigantes?!?! Algum dia existiram?
Beijinho e até!!

Drica said...

Ah, ia me esquecendo de um detalhe importante: ninguém espera mais ninguém, pois, segundo o povo, a FILA TEM QUE ANDAR!!!