Tuesday, December 26, 2006

Viver

Estamos em plena contagem regressiva para o final de 2006. Mais um ano. Vivido? Perdido? O calendário carrega consigo essa magia do recomeço, consegue fazer essa magia de separar o inseparável, contar o mesmo como se novo fosse, diz que um ano - que era velho - morreu e outro -novinho em folha! - já nasceu. Os anos-novos renovam as esperanças, renovam a vida.

Os anos também nos acrescentam idade. Contamos a vida em anos, nesse meio impróprio de contar o tempo em nossa vida. Tornamos o tempo decorrido, imprópriamente um sinônimo de vida, quando ele não passa de um sinônimo de sobrevivência. De que valem anos passados, contados, gastos? Só valem, realmente, os anos vividos, aproveitados. Quanta gente com montanha de anos, tem uma história, uma biografia que cabe em duas folhas; quantos jovens possuem biografias com centenas de páginas em tenra idade.

Viver não é durar no tempo, isso é sobreviver. Viver é conhecer, viajar, amar, viver é um ser em ação. Viver é se relacionar, ter amigos, ter histórias pra contar. Viver é fazer valer cada minuto, não ficar matando horas, ficar vivendo horas, vivendo sempre, vivendo enquanto Deus nos der vida pra viver.

1 comment:

Drica said...

Viver com qualidade!! VIVER de fato. Às vezes acho que poderia ter VIVIDO mais!!
Beijinhos e tudo de bom!