Wednesday, June 28, 2006

Ganhar é show

A frase é de Parreira e encerra toda a sua filosofia: "Ganhar é show". Futebol não é arte, não é espetáculo, não é diversão. Esse é o futebol de Parreira, que ganha um bom dinheiro ministrando "palestras motivacionais" para platéias do mundo dos negócios onde só existe um fim: ganhar. Por isso que "ganhar é show". Se ganhar é show, se ganhar é a finalidade, os meios não importam, ou os fins justificam os meios.

Essa contaminação não é só do futebol, mas de todos os esportes onde o aspecto comercial se tornou dominante, ninguém mais joga nos dias de hoje visando algum ideal competitivo ou esportivo, na competição é fundamental vencer porque só os vencedores vendem. Os atletas passaram a ser outdoors ambulantes que vendem de tudo. Um atleta da qualidade de um Ronaldinho Gaúcho não tem preço porque é alguém que consegue o quase impossível: ser competitivo mantendo a arte do jogo.

E foi o que assistimos nesse último jogo da nossa seleção: o canarinho mecânico de Parreira batendo inapelavelmente a alegria e a leveza da seleção de Gana. Gana acha que jogar futebol é show. Pobres ganeses, ainda não acordaram para a realidade do "ganhar é show".

Foi uma vitória, não diria sensacional, mas empresarial. Futebol não é mais um esporte, futebol virou uma guerra comercial. O futebol movimenta milhões e, como qualquer coisa que movimenta milhões, ninguém está lá para brincar.

Parreira tem razão: "Ganhar é show", ganhar é o show.

1 comment:

Drica said...

Assino embaixo dos seus comentários sobre o jogo. Achei ridículo o resultado, apesar de ser brasileira e torcer pelo Brasil. É que Gana teve muito mais gana de jogo. Se esforçou, deu show de futebol e mesmo assim levou tantos gols. Não consigo entender essa lógica estranha de quem joga mais perde e quem joga por mais, ganha.
Beijinhos e tudo de bom!