Thursday, December 22, 2005

A coisa está mais difícil do que pensam

Se atribui ao presidente Lula uma culpa que ele não tem: a de ser o responsável pela situação econômica do País. A coisa é tão verdadeira que o presidente propagandeia essa autoria, soubesse ele o que foi feito na realidade, ele procuraria fugir dessa autoria.

A grande verdade é que tanto o presidente, quanto o seu partido, se tornaram reféns de um sistema pré-existente, de uma receita de bolo, que foi comprada pronta. Compraram o que não tinham: um programa econômico e alguém com condições para implementá-lo.

Quando assumiram em 2003, a bomba estava armada, hoje dizem que pelo seu antecessor, na realidade eles sabem - e é o que basta, a consciência acusa a verdade - que a bomba tinha um nome escrito nela: Lula. O mercado não sabia o que esperar daquele que passou vinte anos "bravateando" radicalismos.

Ah! Mas não houve nada! É verdade, mas não é assim que funciona o mercado, e qualquer idiota com Q.I. acima de 70 sabe disso. O mercado não sabia, e nem tinha como saber o que iria acontecer. Quer saber? Nós todos ficamos surpresos com a política econômica Lulista - ou com a ausência dela?

Mas você queria que o presidente Lula quebrasse os contratos? Eu não quero e nem queria nada; se eu soubesse como resolver o problema eu teria me candidatado a presidente da república, se não o fiz, não o faço e nunca o farei, é porque não tenho as respostas. Mas quem o fez tem a obrigação de saber as respostas.

No comments: