Wednesday, November 02, 2005

Emblemático ou Paradigma?

Fiquei imaginando qual seria a palavra que definiria melhor aquela figura, aquela imagem: seria uma imagem emblemática ou um paradigma? Como escolher a palavra menos afetada, a mais adequada? Impossível querer competir com a imagem do telejornal, obter uma adequação melhor do que a mensagem passou: o homem de meia-idade, vestindo somente calção de banho, sentado na sombra de um caramanchão à beira-mar , e tomando a água de coco com canudinho - importante o detalhe do canudinho -, o retrato perfeito da folga, do ócio.
Folga, define o Dicionário Houaiss, é "o espaço de tempo durante o qual se interrompe uma atividade ou trabalho; descanso, pausa". Sentido exato. Preciso. Nada se adequaria melhor para aquele cidadão, um funcionário público que, segundo a reportagem, emendava o feriado comemorativo do seu dia - 28/10, sexta-feira, Dia do Funcionário Público - com o Dia de Finados e Todos os Santos - 02/11, quarta-feira. Para tanto fora preciso "enforcar" o trabalho na segunda e terça-feiras, nada demais, nem de menos, só um detalhe necessário.

Coisa de um Brasil que já foi justamente "homenageado" na figura de Zé Carioca, o famoso papagaio de Disney, folgado e malandro, que foge do trabalho e só pensa em levar vantagem em tudo, viver a vida na flauta. Coisa de quem tem um patrão "compreensivo", coisa de quem trabalha para a administração pública, aquela onde ninguém deve - nem parece dever -satisfação para ninguém.
Não vou culpar o funcionário - ou somente ele - que representa esse descaso com que sempre foi tratada a coisa pública neste País. Não é à toa que estamos vivendo há alguns meses uma das nossas maiores crises e que, pior de tudo, certamente não será a última.

No comments: